Apresentação


O VII Colóquio Internacional de Políticas e Práticas Curriculares traz como tema central: CURRÍCULO E FORMAÇÃO: desafios contemporâneos. Ao considerarmos o campo do Currículo como espaço dinâmico, plural, fronteiriço e mediado por relações de saber e poder, reconhecemos a grandeza do desafio contemporâneo, no que se refere à BNC – Base Nacional Comum e, sua intrínseca relação com a formação docente. 

O discurso que dá sustentação argumentativa à BNC – Base Nacional Comum é a garantia de oportunidades de aprendizagem, uma espécie de “ordem” de justiça curricular. Na legislação, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação – LEI 9394/96, bem como o PNE - Plano Nacional de Educação (2014-2024), determinam que a instância federal estabeleça os conteúdos a serem ensinados na Educação Básica. Assim, com atraso de duas décadas estamos diante do desafio que é dizer um Currículo para Educação Brasileira. A proposta governamental é de que o documento fique pronto para 2016. 

A partir de 2016 as escolas públicas e privadas deverão seguir essa base comum com a liberdade para definir sua linha pedagógica e metodologia de ensino. Assim, entendemos que o docente terá uma pauta básica nacional e fará as adaptações. Ele terá a incumbência de fazer a mediação utilizando critérios de justiça para, diante dos discursos da igualdade de oportunidades não tratar o “diferente” como “igual” da proposta padrão. 

As tensões no campo curricular e da formação estão em efervescência política e epistemológica sob a égide do direito e da pluralidade cultural. Como os significados da formação docente crítica, criativa e intersubjetiva se coadunam com a BNC? Que sentidos estão reprimidos sob o discurso da igualdade? Como o universo da formação docente está recepcionando essa base? O universo sociocultural e o discurso da liberdade e autonomia didático científica estão em xeque! 

Assim, convidamos a todos os profissionais que pensam e constroem práticas curriculares, a se fazerem presentes no VII Colóquio Internacional de Políticas e Práticas Educativas 2015, que traz como objetivo refletir sobres esses desafios que se impõem, nesse momento importante de decisão política curricular. 

Desde já, sejam todos muito bem vindos! 

Ângela Cristina Alves Albino (UFPB/GEPPC)
Maria Zuleide da Costa Pereira (UFPB/GEPPC)
Vagna Brito de Lima (UFPB/GEPPC)

Data do Evento: 

12/11/2015 até 14/11/2015

Tipo do Evento: